• João Vitor Soares

3 Filmes que me inspiram a fotografar e que podem te tirar do tédio

Olá a todos! Espero que estejam bem e fazendo o possível para se cuidarem neste tempo de pandemia.


Para enfrentar o tédio em casa, separei aqui uma lista de 3 filmes que me inspiram tanto na fotografia quanto na vida:


1 - Kundun, 1997


Este belíssimo filme, dirigido por Martin Scorsese, retrata o crescimento daquele que é o 14º Dalai Lama desde a sua infância até a sua juventude que viveu no pior período da história do Tibete. O que poderia fazer pelo seu povo, o líder espiritual de um país tão ligado a sua própria tradição budista contra a emergente China governada pelo ditador Mao Tsé-Tung?

Kundun, 1997.

O filme encanta pelo desenvolvimento individual da vida do Dalai Lama. Porém, não só a narrativa é boa, mas a composição visual das cores locais e o super azul do céu se contrastam fortemente, o imenso vazio do ambiente diminuem os personagens, onde o destaque, em algumas cenas, é a própria geografia do lugar. E a trilha sonora acompanha de forma crescente toda essa história.


É uma verdadeira obra.

Kundun, 1997

2 - Dunkirk, 2017


Em 1940 o exército britânico foi cercado pelos alemães próximo praia de Dunkirk, local de um dos maiores feitos de logística da história humana: a evacuação de mais de 300 mil soldados.

Dunkirk, 2017

Baseado em fatos reais, o filme, dirigido por Christopher Nolan, nos coloca na pele de militares anônimos que estão cansados e a espera do resgate ao mesmo tempo em que são atacados pela força aérea e infantaria alemã.

Dunkirk, 2017

O mais incrível nesse filme é a estética que o diretor desenvolve pra uma história que deveria ser normalmente mais violenta e menos despreocupada com a beleza, portanto, ao contrário de um filme de guerra, este não segue o clichê da guerra. O filme, na verdade, é quase como um ensaio perfeitamente construído, inclusive usando o mínimo de computação gráfica, ou seja, há pouquíssimos efeitos criados digitalmente.


3 - Interstellar, 2014


Também dirigido por Christopher Nolan, e provavelmente o filme que mais gosto, esta ficção cientifica mergulha em dois fatos: a nossa sociedade não se tornou auto sustentável e a viagem espacial é a única escolha de salvação.

Interstellar, 2014

Nessa missão, a NASA levanta um grupo de cientistas juntamente com um único piloto, esse grupo terá de partir ao espaço interestelar em busca de um novo planeta minimamente habitável.

Interstellar, 2014

Quem assistir mais de duas vezes, como eu, poderá notar o uso de câmeras de formatos diferentes, onde, em situações de paisagem é usada um formato maior, dando mais imersão ao espectador, enquanto em cenas mais íntimas e pessoais é usada a câmera com formato menor nos chamando a atenção para os sentimentos.


Se gostou das indicações, não se esqueça de compartilhar nossa publicação com seus amigos!

Produção fotográfica para gastronomia, retratos, moda, produtos e arquitetura.

 

Brave Studio.