• João Vitor Soares

Círculo cromático: a principal ferramenta


Debaixo da sombra, em Carapebus. (João Vitor Soares / Autoral / Serra, Espírito Santo)

Uma ótima segunda-feira a todos! Esperam que tenham se divertido com as festas de fim de ano e aproveitado o recesso!


Círculo cromático: a principal ferramenta


Bom, continuando sobre nosso passeio no mundo das cores, hoje falarei sobre a ferramenta que reúne todas as informações das cores e facilita o entendimento, é o círculo cromático.


Podemos dizer que o círculo cromático começa com a mistura das cores primárias, seja do sistema RGB ou do sistema CMYK. A mistura das cores primárias resulta nas secundárias e a mistura destas com as primárias novamente formam as terciárias. Ao total são doze cores básicas do círculo cromático, mais a variação de saturação e brilho.

Círculo cromático (Internet / Domínio público)

O círculo cromático diz o qual saturada e o quanto de brilho a cor tem, além disso, o círculo permite realizar combinações harmônicas, cores que fazem ou não sentido entre si. Devemos agradecer a Sir Isaac Newton, por ter criado o disco cromático, e principalmente a Goethe também, que interpretou o impacto dessas cores de forma filosófica na Teoria das Cores.


E quais são as características do círculo cromático?


Nesta publicação, estou usando um círculo cromático simples, mas que possui tudo o que é necessário para entender essa ferramenta.


Monocromia

Monocromia do vermelho (Recorte do círculo cromático / Internet / Domínio público)

É a variação de brilho e saturação em uma mesma cor. A monocromia permite trabalhar com os tons de uma mesma cor, do mais claro ao mais escuro. Não acho que possui tanta aplicação na maioria dos casos, mas é uma boa forma de trabalhar com baixo contraste.


Frias ou quentes?

Cores quentes e frias (Internet / Domínio público)

Dividindo o círculo ao meio a partir do vermelho "puro" temos um lado com as cores quentes e o outro com as cores frias. As cores quentes trazem a sensação do calor, do conforto, da alegria. Já as cores frias trazem a sensação do frio, do desconforto e da tristeza. Entretanto, podem ocorrer situações contrárias dependendo do contexto.


As cores complementares

A cor vermelha é complementar da verde (Internet / Domínio Público)

São cores completamente opostas, quanto mais precisa for a oposição maior o contraste entre si. Essas cores permitem composições únicas e fortes, são bem chamativas. Muito utilizada na moda em fotos publicitárias, principalmente no verão.


As cores análogas

Cores análogas (Internet / Domínio público)

Essas são as cores que estão muito próximas umas das outras, lado a lado. Essa combinação também cria um trabalho com baixo contraste e passa uma sensação de calma.


Meio-complementares

Meio-complementares (Internet / Domínio público)

Para um contraste menos intenso das cores, o uso de cores meio-complementares é uma saída. Uma cor de um lado e duas análogas ou quase análogas do outro lado.


Tríade cromática

Tríade cromática (Internet / Domínio público)

É a combinação de três cores dentro de uma mesma distância dentro desse círculo cromático. O efeito produzido gera um contraste alto, pois são três cores quase complementares umas das outras, cada lado do triângulo é completamente oposto ao vértice.


Para mais informações, recomendo muito esse vídeo, possui alguns exemplos de composição em fotografias de moda:


"Harmonia das Cores"

https://www.youtube.com/watch?v=JWUilvIvyms


Até a próxima segunda-feira!


-


Para produção fotográfica profissional, entre em contato:

Celular/Whatsapp: +55 27 99638 6745

E-mail: jvsoaresdelima@gmail.com

Brasil, Espírito Santo

Produção fotográfica para gastronomia, retratos, moda, produtos e arquitetura.

 

Brave Studio.