• João Vitor Soares

Lista TOP! Filmes visualmente perfeitos

AVISO: Essa lista é completamente tendenciosa!


O critério usado para fazer a lista foi a construção estética das cenas, ou seja, a iluminação, as cores, a composição, as transições de câmera e a trilha sonora. Não coloco aqui a questão de um roteiro excelente ou de um gênero especifico, mas garanto que os filmes não decepcionarão a maioria dos espectadores.


1. Blade Runner, 1982



O filme se passa durante um momento da vida de um ex-caçador de androides, sem se preocupar em contar a história que o fez chegar ali, o filme é um noir, um suspense policial. A obra chama atenção principalmente pela estética e efeitos visuais impecáveis para um filme de ficção cientifica feito em 1982, além de uma trilha sonora marcante. Uma curiosidade é que o filme não fez sucesso na época em que foi lançado e teve várias reedições, sendo que sua versão final foi feita pela Warner Brothers no aniversário de 25 anos do filme, em 2007. O filme ganhou três BAFTAs: melhor fotografia, melhor figurino e melhor design de produção, além de outras premiações menores.


Trailer


2. Raging Bull, 1980



Raging Bull, ou Touro Indomável, conta a história de Jake LaMotta, um boxeador profissional ítalo-americano, desde sua ascensão ao cenário internacional até a queda de seu sucesso e, talvez, seu fracasso na vida. O filme foi produzido em 1980, época em que já existia a um bom tempo o filme colorido, porém, esse, foi produzido todo em preto e branco, o que traz uma sensação épica de fotografia em cada cena. A iluminação é simplesmente linda. O filme ganhou dois Oscars, um de melhor ator e um de melhor montagem, também ganhou um Globo de Ouro e mais dois BAFTAs, além de outras premiações menores.


Trailer


3. 2001: Odisseia no Espaço, 1968



Eu acho que Interestelar e muitos outros filmes de ficção cientifica atuais tiveram muita influência desse outro filme aqui. Estamos falando de 2001: Odisseia no Espaço, um filme de 1968 com efeitos especiais muito a frente de seu tempo e trilha sonora completamente marcante. A história é sobre uma tripulação que precisa completar uma missão no espaço, porém a tripulação entra em conflito com sua própria nave, que é dotada de inteligência artificial chamada de HAL. O filme faturou um Oscar de melhor efeito visual e três BAFTAs, um de melhor fotografia, um de melhor som e outro de melhor direção de arte.


Trailer


4. O Resgate do Soldado Ryan, 1999



Um clássico para quem ama filmes de guerra e história. O filme, O Resgate do Soldado Ryan, se passa durante o final da segunda guerra, onde é apresentada a história de um grupo de soldados americanos que desembarcam na Normandia no Dia D e, depois de travarem as batalhas na praia de Omaha, esses soldados recebem uma missão de resgate e o filme se desenvolve a partir daí. Mas saindo do lado da história, essa produção foi tão bem montada, desde o áudio, a trilha sonora, os efeitos e a fotografia, que, o filme, lançado em 1999, em rendeu cinco Oscars, melhor fotografia, melhor diretor, melhor mixagem de som, melhor montagem e melhor edição de som, além de dois Globos de Ouro de melhor diretor e melhor filme dramático e ainda mais dois BAFTAs, um de melhor som e outro de melhor efeito visual, ou seja, um filmaço.


Trailer


5. O Grande Gatsby, 2013



De 2013, O Grande Gatsby é, com certeza, um dos meus favoritos. No ritmo alucinado de uma Nova York do século 20, o filme retrata a história de um personagem fictício, o rico Jay Gatsby, a partir do ponto de vista de seu, talvez único e verdadeiro amigo, Nick Carraway. O filme é um romance que, apesar de não ter rendido tantas premiações, tem uma ambientação, uma riqueza de cores, luzes e figurino impecáveis, que rendeu até um BAFTA de melhor maquiagem e caracterização. Portanto, é definitivamente um prato cheio pra quem ama fotografia.


Trailer


6. Kundun, 1997



Já mencionei esse aqui antes, e vou ter que mencionar novamente. Kundun é, possivelmente, a obra que mais trás nossa atenção para a questão dos conflitos culturais, nesse caso é sobre o Tibet e a China, pois, apesar de estarem dentro do mesmo continente, a diferença entre as duas culturas é gritante. O filme nos conta, através de uma história quase mágica e encantadora, o desenvolvimento do 14º Dalai Lama, o seu crescimento desde sua infância, os seus estudos e sua jornada. O filme, entretanto, tem uma estética tão linda, pela cultura, pelas tradições e pela trilha sonora que é, novamente, encantador. A produção faturou quatro Oscars, melhor fotografia, melhor trilha sonora, melhor direção de arte e melhor figurino, além de um BAFTA pela melhor trilha sonora.


Trailer


Gostou? Compartilhe!

Produção fotográfica para gastronomia, retratos, moda, produtos e arquitetura.

 

Brave Studio.