Nós temos um projeto social para artistas

Se você tem acompanhado nossas publicações nas redes sociais, já deve saber que lançamos um projeto social neste mês de novembro. Porém, muita gente não entendeu do que exatamente se trata e por essa razão vou explicar tudo aqui, além de aproveitar pra falar também sobre a importância de projetos na vida de um negócio de fotografia ou em qualquer outro negócio.


Muitas empresas grandes nasceram apenas por conveniência e interesse financeiro, isso é inegável, mas muitas empresas grandes também nasceram pela paixão de pessoas comuns que não se contentaram com o que estava disponível e buscaram algo novo, tiveram uma ideia, um projeto, e planejaram, atraíram investidores e construíram o negócio e prosperaram.


Me lembro de muitos documentários que vi desses pioneiros empreendedores e apaixonados, desde as gigantes da tecnologia como a Microsoft, Apple e Google, passando pelas montadoras de carros como a Ford e a Ferrari, ou as grandes marcas de roupas como Chanel. Sejam as maiores obras da literatura de escritores como Gabriel Garcia ou os atletas mais revolucionários como Muhammad Ali. Todos os grandes têm em sua jornada um grande objetivo e um bom planejamento. Portanto, ter um projeto, seja social ou não, dentro de um negócio é uma oportunidade de crescimento e de aprendizado e é também uma ótima maneira de organizar os próximos passos da empresa.


Dito isso, vamos ao segundo tópico desse texto!


Nós temos um projeto social. Sim. Eu, João Vitor Soares, juntamente com a Priscila Gonçalves e o Natã Gomes, desenvolvemos um projeto social voltado para artistas jovens do nosso estado, o Espírito Santo. A ideia principal é de criar um portfólio profissional online do artista para que ele possa divulgar seus trabalhos em seu próprio site, seja o artista um músico, um cantor, um pintor, um artesão, um dançarino... Enfim, o portfólio terá uma página inicial com o trabalho mais recente, uma página do artista com o retrato e uma minibiografia, além de uma página para contato.

Acredito que esse projeto vai contribuir com o crescimento e o desenvolvimento desses artistas no cenário capixaba e até mesmo nacional. Digo isso principalmente por conta do SEO, que é um método de otimizar um endereço online nos mecanismos de buscas como o Google. Um bom SEO, portanto, pode valer mais que um instagram, e um SEO só pode ser construído com um site.


O site também funciona como um excelente cartão de visita digital, pois é o seu portfólio com seus trabalhos mais recentes e possui área para contato, além de ser totalmente personalizável a sua própria identidade, desde as cores ao layout e até a fonte do texto.

Se você é um artista e busca se profissionalizar, é de extrema importância ter um portfólio online e não adianta estar somente nas redes sociais. Digo, elas são tão importantes quanto, mas redes sociais podem, e em algum momento vão, cair em desuso. Veja o Orkut, o MSN ou Vimeo. A rede social não é 100% confiável e seu tempo de vida é curto. O site, ao contrário, é seu e pra sempre.


Mas João, você não poderia deixar o projeto mais simples e focar somente na fotografia acessível e esquecer essa trabalheira de construir um portfólio? Sim, seria imensamente mais fácil, porém esse projeto, além de social, é um passo para o futuro próximo da Brave Studio, que é oferecer aos clientes a construção de sites por preços acessíveis, além da criação da identidade visual para redes sociais, bem como a fotografia institucional/publicitária do cliente e seus serviços. E muito além disso, esta será uma excelente forma de criar parcerias com pessoas incríveis!



Caso tenha se interessado em participar do projeto, acesse a página oficial AQUI!

Produção fotográfica para gastronomia, retratos, moda, produtos e arquitetura.

 

Brave Studio.